Total de visualizações de página

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Farol SARITA, como surgiu o nome:

Um breve histórico de como este Farol ganhou o nome de SARITA:
Procedente de Gênova (Itália) na primavera de 1897, com destino incerto, e com ordens diretas de sua proprietária, a italiana D. Sarita, para dar sumiço a qualquer preço no ¨vapore¨ SARITA para, com o prêmio do seguro, tentar salvar sua empresa, ora falida.
Seu comandante, o italiano Cosmo Marasciulo (foto abaixo), ao passar através de Rio Grande,RS, rumando para o sul, não teve dúvidas, contou pouco mais de 30 milhas e, a toda máquina, jogou seu navio de encontro à praia, vindo evidentemente a encalhar na posição de 32.32S e 52.23W.
Com toda a tripulação à salvo, pegaram alguns mantimentos e seus pertences, e partiram direto para Rio Grande a pé, chegando somente no dia seguinte a tardinha na cidade.
O comandante, após várias idas e vindas da Itália, Argentina e Brasil, radicou-se em Rio Grande, voltando a comandar navios Brasileiros na rota costeira da América.
Em uma de suas passagens por Buenos Aires, conheceu a paixão de sua vida, a Franco-portenha ¨AMÉLIA¨, com a qual um tempo depois casou-se e deu início a uma tradicional família Papareia.
Em 1952, em alusão ao ocorrido, foi construído, no exato local do naufrágio, um farol com o nome SARITA em sua homenagem. 

Fonte: http://maredunas.blogspot.com.br/2010/11/naufragio-do-sarita.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário